Gladbach visita o desesperado Schalke 04 pela Bundesliga

1102863_imgw968
Stindl e Hahn devem formar a dupla de ataque dos Potros (Foto: Divulgação/Bundesliga)

O Borussia Mönchengladbach vai encarar o Schalke 04 nesse domingo (2) em partida válida pela 6ª rodada da Bundesliga, na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen. Os azuis reais ocupam a última colocação da Bundesliga, com cinco derrotas em cinco jogos, campanha idêntica ao do Gladbach na temporada passada, enquanto os Potros buscam as primeiras posições na tabela de classificação.

O Schalke, que busca a recuperação no Campeonato Alemão, vem de vitória na Europa League, após derrotar o RB Salzburg por 3 a 1, enquanto o Gladbach sofreu um duro revés diante do Barcelona, pela Uefa Champions League, por 2 a 1, mesmo com uma grande atuação dos Fohlenelf.

No histórico do confronto os Foals levam vantagem, com 41 vitórias, contra 34 do Schalke, além de 29 empates. Na temporada passada o Schalke venceu a partida na Veltins-Arena por 2 a 1, mas foi derrotado na Copa da Alemanha por 2 a 0 e na Bundesliga por 3 a 1, aumentando a vantagem do M’Gladbach no retrospecto entre as equipes.

Apesar da derrota para o Barcelona, a atuação diante dos culés deve servir de inspiração para os Potros no duelo diante do Schalke, como disse André Schubert após a derrota no meio da semana: “Nós jogamos bem. Queríamos dar a eles um jogo e atuamos com coragem, um futebol ofensivo – fomos bem sucedidos nisso, no entanto estamos desapontados pela derrota”, lamentou o comandante.

Se a atuação contra o Barcelona serve como motivação, a lesão do brasileiro Raffael é um fator preocupante para o estilo de jogo da equipe, que sofreu uma queda vertiginosa após a saída do brasileiro no confronto contra os blaugranas e estará fora de combate no duelo com os azuis reais. A data FIFA será importante para a recuperação do jogador, que é o protagonista do time.

Além de Raffael, Schubert não terá mais desfalques, já contando com as ausências de longa data de Domínguez, Drmic, Strobl, Marvin Schulz e Doucouré.

Possível escalação: Sommer – Elvedi, Christensen, Korb – Kramer, Dahoud – Johnson, Wendt – Stindl – Hazard, Hahn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s