Em desvantagem, Gladbach tem difícil missão diante da Fiorentina pela UEL

oscar
Oscar Wendt mostrou confiança antes de viajar à Itália (Foto: Divulgação/Borussia)

Após perder para a Fiorentina em pleno Borussia-Park por 1 a 0, o Borussia tem agora a missão de reverter à desvantagem contra os italianos em Florença, nessa quinta-feira (23), às 17h05, no Artemio Franchi.

Apesar de ter dominado praticamente o jogo inteiro, os Potros foram incapazes de passar pelo arqueiro Tatarusanu, muito pelo número baixo de oportunidades claras criadas, essencialmente pela ausência do meia-atacante brasileiro Raffael, que é peça fundamental da equipe. Sendo assim, os Borussen apresentaram pouca criatividade e pouco poder de finalização na partida e quando tiveram alguma chance, falharam na conclusão.

Depois de ficar fora de ação por quase três semanas, o brasileiro retornou aos treinamentos nessa terça-feira (21), após se recuperar de problemas musculares: “Não há mais dor, a situação parece boa”, disse o brasileiro depois da sessão de treinamento. Apesar disso, vários jogadores não treinaram com a equipe, incluindo: Ibrahima Traoré (recuperando-se de lesão no tendão da virilha esquerda), Doucouré (lesão na coxa) e Marvin Schulz – recuperando-se de lesão no adutor.

Antes de embarcar para a Itália, o lateral-esquerdo e vice-capitão dos Potros, Oscar Wendt falou sobre a expectativa em relação ao duelo com os italianos: “Estamos ansiosos para esse jogo. Será difícil, mas ainda há um jogo, se conseguirmos o primeiro gol, então tudo é possível”, disse o lateral, que teve sua fala reforçada por Jonas Hofmann: “Nós não desistimos ainda. Ainda temos 90 minutos para jogar, mais do que suficiente para marcar dois gols e rever a vantagem deles, teremos que ser pacientes, não ir com tudo, mas apenas praticar o nosso jogo”, afirmou o meia-atacante.

Dieter Hecking levou um grupo de 22 jogadores para Florença – com três ausências notáveis: Traoré, Doucouré e Marvin Schulz, citados como lesionados anteriormente. Os jovens Söw, Simakala, Rütten, Ndenge e László Bénes também não viajaram e permaneceram treinando com a equipe sub-23.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s