Em jogo eletrizante, Gladbach bate o Colônia no Rheinderby

stindl
Foto: Divulgação/Bundesliga

FREGUÊS! Nenhuma outra palavra define melhor o Köln para o Borussia Mönchengladbach do que essa. Em visita ao seu maior rival nesse sábado (8) pela 28ª rodada da Bundesliga, os Potros triunfaram diante dos bodes por 3 a 2, em um jogo eletrizante no Rhein-Energie-Stadion, com gols de Vestergaard, Traoré e Stindl, chegando a 47ª vitória em 86 partidas, contra 23 derrotas e 16 empates, estatísticas que deixam o Köln como o clube com maior número derrota para os Foals na Bundesliga.

Apesar de atuar fora de casa, os Potros ditavam o ritmo da partida e não demorou muito para que o placar fosse aberto, silenciando a torcida do Köln no estádio, logo aos 13’ quando Hazard, em cobrança de escanteio, levantou na medida para Jannik Vestergaard cabecear para o fundo das redes, sem chances para Horn. A alegria do Gladbach, no entanto, não durou muito, pois cinco minutos depois, o artilheiro Modeste deixou Clemens em perfeitas condições para empatar, e o meio-campista não desperdiçou.

Os Borussen não se abateram com o gol sofrido, ao contrário do que costumeiramente acontecia, mas também não conseguiram retomar a liderança no placar ainda na primeira etapa. Para a etapa complementar, Hecking foi forçado a promover a entrada de Ibrahima Traoré na vaga de Raffael, que saiu lesionado. O impacto foi imediato, e aos 55’, Ibo recolou o M’Gladbach a frente novamente, depois de um cruzamento que enganou toda defesa do Colônia, inclusive do arqueiro Horn.

Tranquilidade, certo? Não, mais uma vez depois de marcar, o Borussia concedeu o empate, dessa vez em uma finalização de rara felicidade de Modeste, artilheiro dos bodes. Com o cotejo se encaminhando para um empate, os Potros chegaram mais uma vez, através de Lars Stindl, que aproveitou rebote de uma bola na trave de Drmic e tocou com categoria para marcar o terceiro tento dos visitantes. Outro empate, déjà vu? Dessa vez não, a equipe conseguiu administrar a posse nos minutos finais e ainda teve a oportunidade de ampliar com Dahoud, mas a finalização do sírio foi salva por Horn.

Com o triunfo, os comandados de Dieter Hecking subiram para a 8ª colocação, com 39 pontos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s