Lars Stindl retorna aos treinamentos e reitera sua função na equipe: “Quero liderar como exemplo”

lars stindl
Foto: Reprodução/Borussia

Vivendo os melhores momentos de sua carreira futebolística, Lasr Stindl retornou nesta semana aos treinamentos junto com seus companheiros, depois de merecido descanso. Campeão da Copa das Confederações com a Die Mannschaft, Lars, em entrevista coletiva, discutiu diversos assuntos recorrentes a temporada que se aproxima.

Perguntado sobre a o impacto do titulo em um possível aumento das expectativas, Stindl foi bem tranquilo: “Penso que provei ao longo dos últimos anos como eu posso atuar pelo meu time. Talvez o interesse da mídia aumente após nosso sucesso na Copa das Confederações, no entanto os torcedores do Borussia sabem da importância de cada jogador. Eu sempre tento dar o meu melhor, liderando por exemplo e encorajando os meus companheiros”, disse o meia-atacante, destaque da equipe na temporada passada, tanto na artilharia quanto nas assistências.

Apesar do excelente desempenho de Stindl – o que fez com que o meia fosse convocado para a seleção – o Gladbach teve uma temporada absolutamente instável, decepcionando em todas as competições que disputou, principalmente na DFB Pokal, quando foi eliminado de maneira melancólica em pleno Borussia-Park. A ideia, certamente, é apresentar um futebol e resultados que se assemelham com o apresentado ao longo das temporadas anteriores.

Capitão dos Potros, Stindl também falou sobre o que esperar da temporada: “É um pouco cedo para falar sobre os objetivos da temporada. Atualmente estamos tentando ter uma pré-temporada bem sucedida. A primeira fase da Copa da Alemanha diante do Essen certamente nos dará uma perspectiva, todavia não será uma tarefa fácil. Tivemos uma grande chance na temporada passada de alcançar algo especial”, completou Stindl.

Outro campeão com a Alemanha, Matthias Ginter, novo reforço da equipe para a temporada 2017-2018 também retornou das férias e falou sobre a expectativa de entrar em campo com a camisa do Gladbach: “É um sentimento muito bom e estou satisfeito em estar aqui. Em termos físicos, obviamente estou um pouco atrás dos meus companheiros”, afirmou o defensor.

Ademais, o zagueiro Timothee Kolodziejczak, contratado no início do ano, pode estar de saída. Com apenas 98 minutos disputados e sem desfrutar da confiança de Hecking – o qual avalizou sua contratação – o francês não deverá continuar nos Potros, que aguardam ofertas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: