Em tempos antagônicos, Gladbach busca empate fora diante do Leipzig

lars
Foto: Divulgação/Bundesliga

Após um revés doloroso perante sua torcida pelo Frankfurt na rodada passada, o Borussia Mönchengladbach voltou a campo neste sábado (16) em busca de recuperação no campeonato diante do RB Leipzig, vice-campeão da temporada passada. Com performances totalmente opostas nas etapas, os Potros empataram por 2 a 2 – tentos anotados por Thorgan Hazard, de pênalti, e Lars Stindl, em uma belíssima finalização de fora da área.

Desempenho apático e defesa exposta: essa foi a forma no qual o Gladbach terminou o confronto contra o Frankfurt na rodada passada, e foi exatamente da mesma maneira que o time se comportou na primeira etapa em Leipzig, concedendo novamente nos minutos iniciais da torcida. Dando espaços na marcação, os Foals levaram o primeiro gol após jogada pelo lado direito da defesa – Bernardo aproveitou uma marcação distante de Elvedi para servir o sempre perigoso Timo Werner, que contou com contribuição de Yann Sommer para abrir o placar.

Por sorte, o mesmo Bernardo, dessa vez na grande área contrária, derrubou Jonas Hofmann, proporcionando a chance do empate através de uma penalidade máxima – devidamente executada pelo belga Thorgan Hazard, igualando o marcador na Red Bull Arena. Porém, assim como nas ocasiões anteriores, a defesa voltou a falhar – Vestergaard não conseguiu acompanhar o timing  da jogada – e Augustin, frente a frente com Sommer, não perdoou.

Mesmo com uma atuação apática e pobre tecnicamente, Raffael ainda teve uma chance de ouro para empatar no fim da etapa inicial, mas acabou desperdiçando. A etapa final, por outro lado, teve outro panorama. Após um início lento – o que favorecia o time da casa, o Gladbach começou a crescer na partida, essencialmente através do meio-campista Denis Zakaria, mais uma vez dominando completamente as ações no meio-campo. E foi com o volante suíço que os Potros alcançaram o empate – ele aproveitou um vacilo da defesa adversária e serviu Lars Stindl, que executou uma finalização espetacular de fora da área, anotando um golaço para voltar a igualdade no placar.

O Borussia M’Gladbach ainda teve a chance de virar a partida, pois contou com um jogador a mais nos minutos finais depois da expulsão de Keita, no entanto a equipe não soube construir jogadas de perigo para alcançar a vitória. Inexplicavelmente, Dieter Hecking terminou o confronto com duas alterações na manga.

Gladbach: Sommer (5), Elvedi (5), Ginter (6), Vestergaard (5), Wendt (6); Kramer (7), Zakaria (7), Hofmann (5), Hazard (6); Stindl (6), Raffael (5)

*Em parênteses as notas individuais e em negrito o melhor jogador em campo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: