Raffael é decisivo e Borussia Mönchengladbach supera o Stuttgart em casa

raffa
Foto: Divulgação/Bundesliga

Borussia Mönchengladbach e Stuttgart abriram a 5ª rodada da Bundesliga nesta terça-feira (19) no Borussia-Park, em Mönchengladbach. Após uma etapa inicial fraca, os Potros apresentaram um bom futebol na etapa complementar e saíram com a vitória com dois gols do brasileiro Raffael.

Ainda aquém de sua capacidade, esperava-se que o Borussia M’Gladbach entrasse com uma maior intensidade no confronto, tendo em vista o bom resultado conquistado fora de casa diante do RB Leipzig na rodada passada, todavia, não foi o que ocorreu de fato. Assim como no revés em casa para o Frankfurt, os Potros, mais uma vez, conseguem controlar a posse de bola – de forma improdutiva.

Gladbach e Stuttgart proporcionam primeira etapa sofrível

Em uma primeira etapa de pouquíssimas oportunidades, o Gladbach teve alguns lapsos de bons momentos na parte ofensiva com Patrick Herrmann pelo flanco direito – em sua jogada característica de velocidade, mas também sem tanto sucesso, uma vez que Raffael e Stindl não conseguiam receber a bola em condições de finalizar. O capitão Stindl, por sua vez, foi o responsável pela única finalização no alvo dos Potros na primeira etapa, muito pouco para a equipe mandante.

Os suábios, por sua vez, se limitaram apenas a defender – e com extremo sucesso, evitando qualquer perigo contra a meta de Zieler. Nos minutos finais os visitantes ainda conseguiram sua única boa chegada na partida em finalização de fora da área de Mangala.

Cuisance entra, muda partida e Raffael decide para o Gladbach

O panorama da etapa complementar foi completamente diferente do que foi apresentado na primeira etapa – principalmente pela entrada do jovem Mickäel Cuisance, de apenas 18 anos, na vaga de Kramer. O francês, que realizava sua estreia com a camisa dos Potros, deu outra dinâmica ao meio-campo da equipe.

Com uma mentalidade mais ofensiva e uma maior intensidade na criação de jogo, o Gladbach começou a criar chances de perigo e chegou ao primeiro gol após excelente trama ofensiva realizada pelo brasileiro Raffael, que serviu o suíço Elvedi pela direita – devolvendo a gentileza para o brasileiro, que fuzilou para as redes, abrindo o placar no Borussia-Park após praticamente 60’ sem futebol.

O jovem Cuisance voltaria a ter destaque em cobrança de falta – o francês levantou para a área e viu Thorgan Hazard ser agarrado por Aogo. Na cobrança da penalidade máxima, o brasileiro Raffael cobrou com perfeição, deslocando o arqueiro Zieler para anotar seu doblete na partida.

Inoperante no ataque, o Stuttgart só ameaçou no final da partida, mas nada que conseguisse superar a excelente atuação do goleiro Tobias Sippel – titular na vaga de Sommer, lesionado. O arqueiro reserva executou excelentes intervenções e passou segurança para a defesa.

Sippel (8), Elvedi (7), Ginter (7), Vestergaard (6), Wendt (6); Kramer (5)/Cuisance (8), Zakaria (6), Herrmann (6), Hazard (6); Stindl (6), Raffael (8).

Em parênteses as notas individuais e em negrito o melhor jogador em campo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: