Não há lógica com Gladbach em campo! Potros superam Hertha na capital com grande exibição de Raffael

raffa
Foto: Divulgação/Borussia

Imprevisível, não há palavra que define tão bem o Borussia Mönchengladbach. Fora de casa, diferentemente de quando atua como mandante, os Potros mostraram a intensidade que costumam apresentar diante de sua torcida e venceram o Hertha por 4 a 2, com gols de Stindl, Hazard e Raffael, duas vezes.

O resultado colocou o Gladbach, de forma provisória, na 3ª colocação da Bundesliga, com 21 pontos. Na próxima rodada os Potros recebem o Bayern de Munique no Borussia-Park

Em um início de partida eletrizante, os Foals abriram o placar logo aos 5’ após grande jogada de Zakaria pela esquerda. O suíço cruzou, contou com desvio, que sobrou para Lars Stindl completar para as redes. Stindl, alguns minutos depois, voltou  a aparecer em finalização bloqueada por Rekik – o juiz, com auxílio do VAR, anotou pênalti. Hazard, com extrema categoria, deslocou o goleiro e dobrou a vantagem.

Letal em suas chegadas ao ataque, o Gladbach contou também com a sorte. Em tentativa frustrada de levantar a bola para a área, Raffael dominou e executou um chute perfeito de fora da área, no ângulo, anotando um belíssimo gol – o seu 50º com a camisa dos Potros pela Bundesliga.

Como de costume, a defesa do Borussia começou a demonstrar suas falhas recorrentes – as jogadas pelo alto. A defesa começou a sofrer com consecutivos cruzamentos na área. E foi assim que a equipe da capital chegou ao seu primeiro gol, mas em cruzamento pelo chão. Sommer executou uma excelente defesa, mas Kramer afastou mal e Ibisevic aproveitou para diminuir o prejuízo.

Correndo riscos, o Gladbach se segurou até o fim da etapa inicial com a boa vantagem no placar, mas voltou a sofrer na etapa final, em outro problema recorrente da defesa – a bola parada. Weiser aproveitou bola ajeitada por Kalou e bateu cruzado, com o Hertha chegando ao seu segundo gol. Ameaçado, os Potros responderam imediatamente com o brasileiro Raffael, sempre decisivo, depois de boa jogada individual de Herrmann – que havia entrado na vaga do apagado Johnson.

O tento do experiente atacante brasileiro foi suficiente para assegurar uma importantíssima vitória para os Potros.

Sommer (7), Elvedi (8), Ginter (6), Vestergaard (5), Wendt (5); Kramer (5). Zakaria (7), Johnson (4)/Herrmann (7), Hazard (6); Stindl (6), Raffael (9)

Curiosidades:

  • Hazard anotou todos os três pênaltis que bateu na temporada
  • Hazard esteve envolvido (gol ou assistência) em cada um dos últimos 9 jogos – primeira vez que um jogador do Gladbach alcança isso desde 1992
  • Stindl anotou oito dos seus últimos nove gols fora de casa

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s