Thorgan Hazard entra, decide e Borussia Mönchengladbach vira diante do Hertha Berlin

thorgan
Foto: Divulgação/Bundesliga

Aquilo que parecia mais uma manhã de tristeza para a torcida do Borussia Mönchengladbach acabou se tornando algo impensável pelo panorama das últimas rodadas: triunfo dos Potros, e de virada. Com brilho individual de Thorgan Hazard, o Borussia superou o Hertha Berlin por 2 a 1, com dois tentos do belga e gol de Kalou para o time da capital alemã.

O resultado fez com que o Gladbach chegasse, ao menos de forma temporária, a 8ª colocação da Bundesliga, com 40 pontos, enquanto o Hertha, em campanha ruim e mesmo derrotado, ainda conseguiu subir uma posição, alcançando o 10º lugar com 36 pontos ganhos. Na próxima rodada os Foals visitam o hexacampeão Bayern de Munique na Allianz Arena, em jogo de extrema dificuldade.

O Borussia Mönchengladbach voltou a apresentar um futebol fraquíssimo tecnicamente na primeira etapa diante do Hertha Berlin. Depois de aproximadamente quarenta minutos sem qualquer lance atrativo, os visitantes abriram o placar através de Salomon Kalou, aproveitando falha de Jannik Vestergaard, que ao tentar cortar, acabou assistindo o centroavante do Hertha.

Já na etapa complementar, Kalou esteve próximo de dobrar a vantagem dos visitantes, mas parou em excelente defesa de Yann Sommer, que em lance futuro, falharia de forma clamorosa em saída de bola pelo alto e de forma fortuita, viu Selke cabecear para fora. Acuado e vaiado por sua própria torcida os Foals decidiram ir para o ataque e chegaram ao empate com Patrick Herrmann – que celebraria seu primeiro gol depois de mais de um ano -, mas por azar do Flaco, o VAR invalidaria o tento do meia-atacante por impedimento de Lars Stindl no lance.

Eis que o belga Thorgan Hazard, destaque da equipe, entraria em cena. O meia-atacante iniciou o confronto como reserva – primeira vez na temporada, tendo iniciado os 28 jogos anteriores. Bastante pressionado, o treinador Dieter Hecking foi para uma medida desesperada ao lançar Josip Drmic na vaga do meio-campista Michael Cuisance, o que imediatamente teve um impacto positivo na equipe. O suíço providenciou um cruzamento certeiro para Thorgan Hazard igualar o marcador e poucos minutos depois, em cobrança de pênalti – ajudado pelo VAR – o belga voltou a balançar as redes, garantindo a virada dos Potros, para alívio de Dieter Hecking.

Esse foi o sétimo triunfo dos Potros nas últimas oito partidas diante do Hertha –  e a quinta consecutiva como mandante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: