Em atuação protocolar, Borussia Mönchengladbach supera Düsseldorf e retoma vice-liderança da Bundesliga

th
Foto: Divulgação/Bundesliga

Paciência, essa era a chave para o Borussia Mönchengladbach após sofrer um duríssimo revés diante do Leverkusen pela DFB Pokal. De volta a campo, dessa vez pela Bundesliga, o Gladbach recebeu e superou o rival local Fortuna Düsseldorf no Borussia-Park em jogo válido pela 10ª rodada da elite alemã, por 3 a 0, com gols de Hazard, duas vezes, e Hofmann.

Depois de uma derrota humilhante diante de sua torcida, até mesmo após um excelente início de temporada, a confiança, de forma natural, seria afetada. E não foi diferente para o Borussia, que iniciou o confronto em uma rotação menor, principalmente algumas peças fundamentais na criação de jogo, como o meio-campista Jonas Hofmann, visivelmente destoando da equipe ao longo da etapa inicial.

De forma até “obrigatória”, o Borussia controlou a partida desde o pontapé inicial, todavia, encontrou dificuldades inerentes a uma eliminação dolorosa. Ainda assim, os Potros conseguiram, através da disparidade técnica, apresentar oportunidades extremamente perigosas para marcar, sendo impedido pela falta de confiança dos jogadores. Após enorme dificuldade em trocar passes corretos por um bom período, o Gladbach desperdiçou chance incrível com Thorgan Hazard, que recebeu de Florian Neuhaus e o belga não finalizou com a precisão necessária.

Ainda antes do término da etapa inicial, Alassane Pléa teve uma oportunidade de ouro para abrir o marcador, mas acabou finalizando ao lado da meta do Fortuna. Já na etapa complementar, em seus primeiros minutos, quando o Borussia chegou ao seu primeiro gol, através de um pênalti inexistente assinalado pelo árbitro Felix Brych, que apontou a marca da cal após toque totalmente involuntário de mão por parte de Ayhan. Thorgan Hazard, sem ter influência nisso, pegou a bola e acertou a cobrança, contando com um pouco de sorte, uma vez que o arqueiro dos visitantes acertou o canto, mas não teve força suficiente para evitar o tento.

Mesma com a vantagem no placar, o Gladbach continuava sem apresentar o futebol atraente das rodadas iniciais e contou novamente com um lance fortuito para dobrar sua vantagem, mais uma vez com Ayhan, que cometeu erro na saída de bola, proporcionando a retomada por parte de Neuhaus. O meio-campista recebeu e voltou a distribuir mais uma assistência na temporada ao servir Jonas Hofmann, que de frente pro gol, finalizou com tranquilidade para ampliar o marcador.

Praticamente com o resultado assegurado, os Potros ainda tiveram tempo para marcar: Thorgan Hazard seguiu em progressão pelo meio, resolveu arriscar e contou com desvio no “vilão” Ayhan para anotar seu segundo tento na partida, sacramentando o triunfo.

Sommer (5,5), Lang (6), Ginter (6), Elvedi (6,5)/Jantschke (6), Wendt (5); Strobl (6), Neuhaus (7,5), Hofmann (6,5); Hazard (7,5), Raffael (6,5), Pléa (6,5).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: