Alassane Pléa comanda, anota hat-trick e Borussia Mönchengladbach supera Werder Bremen fora de casa

plea
Foto: Divulgação/Bundesliga

Werder Bremen e Borussia Mönchengladbach entraram em campo neste sábado (10) pela 11ª rodada da Bundesliga, no WeserStadion, em Bremen, com triunfo dos Potros por 3 a 1, com hat-trick de Alassane Pléa, enquanto Nuri Sahin diminuiu para os Papagaios.

Fora de casa, o Borussia não se intimidou e dominou completamente as ações nos primeiros quinze minutos da etapa inicial, com ótimo controle de bola e vencendo praticamente todos os segundos duelos. Naturalmente, o Werder tentou chegar a frente com maior perigo, adiantando as linhas de marcação, resultando em duas boas oportunidades para os Papagaios. Na primeira, Oscar Wendt cortou com a ponta da chuteira e evitou o gol dos mandantes, enquanto na segunda, o arqueiro Yann Sommer defendeu com segurança a finalização de Harnik.

No intuito de dar a resposta, os Potros ameaçaram com Alassane Pléa, até então figura ilustrativa em campo, devido a concentração de jogadas no lado direito do campo. O francês recebeu excelente lançamento e finalizou para defesa de Pavlenka, no entanto o impedimento foi assinalado na jogada (há dúvidas). Logo em seguida, aproveitando arremate de Stindl de fora da área e com alguma sorte, o atacante francês recebeu, cortou a defesa e finalizou em curva com a perna esquerda, anotando um belo gol, deixando os DieFohlen em vantagem no marcador ao intervalo.

Após ter encontrado sua mina de ouro, o Gladbach voltou fulminante na etapa complementar. Em jogada ensaiada de escanteio, Hazard mandou rasteiro para Pléa, na marca da cal, finalizar e dobrar a vantagem dos Potros. Logo em seguida, Wendt seguiu pela esquerda e serviu o francês, que não perdoou e anotou seu hat-trick na partida. Abatido, mas não morto, o Werder não desistiu e continuou a tentar fazer algo dentro da partida, e teve êxito em boa jogada construída até que Sahin recebesse na pequena área, anotando o primeiro tento dos Papagaios.

Em mais um dos momentos “apagões”, o Gladbach quase sofreu o segundo gol imediatamente, em lance incrível desperdiçado pelo ex-potro Max Kruse. Como de costume, o Gladbach passou a sofrer e ter minimamente o domínio da posse de bola, sendo totalmente acudido pelo Werder, que buscava o empate. Perto do fim, Pléa ainda teve a chance de anotar um “poker” – quando um jogador anota quatro gols – mas parou em excelente defesa de Pavlenka.

Curiosidades: Sete dos oito gols de Alassane Pléa foram marcados fora de casa. Os oito tentos anotados pelo francês também representam o melhor número de um jogador do Gladbach após 11 rodadas desde Oliver Neuville em 2004-2005.

Sommer (8), Lang (7,5), Ginter (7,5), Elvedi (8), Wendt (8,5). Strobl (8), Neuhaus (7), Hofmann (7); Hazard (9), Stindl (7), Pléa (10)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: