Borussia Mönchengladbach confirma técnico Marco Rose, que pode oferecer algo que Dieter Hecking foi incapaz

48278684_303
Foto: Divulgação/DPA

Demorou, mas enfim o Borussia Mönchengladbach parece se encaminhar na direção correta, adequando sua filosofia histórica a um técnico com mentalidade semelhante, algo que poderá ser visto na próxima temporada, quando o comandante Marco Rose, do Red Bull Salzburg, assumir o comando técnico dos Foals, substituindo o pragmático Dieter Hecking.

Contratado em uma situação emergencial, o ex-técnico do Wolfsburg esteve longe de colocar em campo aquilo que todo fã da Bundesliga está acostumado: um Borussia Mönchengladbach extremamente ofensivo e lapidando suas joias, sendo da base, ou captados pelo excelente sistema de scout da direção. Hecking sofreu, muito disso pelo fato de que a filosofia do treinador era totalmente incompatível com a do clube, e o comandante até tentou, de todas as forças, alcançar algo parecido, mas em modo geral, falhou, exceção ao excelente desempenho e futebol praticado nas primeiras 20 rodadas da Bundesliga 18-19.

Depois de uma queda abrupta de rendimento, o diretor esportivo Max Eberl finalmente percebeu que essa instabilidade dificilmente seria saudável para o futuro do clube, decidindo assim, avisar o técnico Dieter Hecking que ele não continuaria no comando do Borussia na temporada seguinte, mesmo tendo estendido seu vínculo há pouco tempo. Eberl, há 20 anos no clube, em diversas funções, de jogador ao atual cargo de diretor esportivo, entende como ninguém a filosofia desejada pela torcida.

Não teve apenas uma proposta, mas sim algumas. Eu decidi ir em busca de um novo desafio na Bundesliga, no qual estou ansioso para iniciar. Gladbach é um grande clube com grandes ambições e uma grande cultura entre os torcedores (filosofia de jogo) – são fatores que me motivam”, afirmou Marco Rose, futuro técnico dos Potros.

O alemão conduziu trabalhos de alta qualidade no Salzburg, desde a categoria de base, até assumir o comando da equipe principal, sendo coroado campeão nacional, além de uma grande participação na Uefa Europa League da temporada passada, quando a equipe austríaca caiu nas semifinais, diante do vice-campeão Marseille. Nessa fantástica campanha, ficou evidente o estilo ofensivo do novo técnico do Gladbach, que alcançou uma incrível remontada diante da Lazio, depois de perder por 4 a 2.

Trabalhamos em um campo no qual as coisas têm que estar em seu máximo – máximo em atitude e desempenho. Sempre temos que estar no limite”, analisou Rose, demonstrando que será um treinador extremamente exigente dentro daquilo que imaginamos como melhor do ‘futebol moderno’. O futuro parece promissor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s