Borussia Mönchengladbach segue na descendente, sofre novo revés diante do RB Leipzig e vê situação delicada na Bundesliga

Foto: Divulgação/Borussia

O histórico é bem curto, mas o Borussia Mönchengladbach segue sem sequer um triunfo diante do RB Leizpig, tendo perdido todos os três disputados no Borussia-Park, incluindo o confronto desse sábado (20), quando os Potros foram superados por 2 a 1, com doblete de Halstenberg para os touros vermelhos, enquanto Alassane Pléa descontou para os Foals.

Não foi uma atuação ruim do Borussia, mas a equipe, como um todo, parece estar sentindo bastante no aspecto mental. Um início não tão bom, é verdade, mas o Gladbach saiu em desvantagem depois de uma marcação questionável de uma penalidade máxima, supostamente cometida por Patrick Herrmann. Depois disso, o aspecto técnico desapareceu, dando lugar aos inúmeros “lançamentos” longos, sem qualquer ideia no meio-campo, algo diretamente associado, também, a utilização do ‘double 6’ no meio, termo que representa dois volantes (Kramer e Zakaria), situação que dificulta a posse de bola, pois os três zagueiros, da linha defensiva, ficam trocando bola entre si, uma vez que não possuem qualidade suficiente para iniciar a transição defesa-ataque.

Nico Elvedi, jogador com maior índice de passes certos da liga, ficou de fora da partida, lesionado. O suíço, entre os defensores, é o único minimamente capaz de executar essas bolas de maior risco, em comparação aos demais jogadores da posição, como Jantschke e Ginter. Os Foals até tentaram, criaram algumas chances e chegaram a diminuir com Pléa, mas foram incapazes de buscar o empate, mesmo que com oportunidades a disposição para isso, como o gol incrível desperdiçado por Patrick Herrmann, depois de excelente jogada executada por Kramer. Era só completar para o gol, mas o ponta não escolheu a forma mais inteligente para finalizar.

A apresentação, no entanto, esteve longe de ser uma das piores do Gladbach na temporada, o que não afasta o momento extremamente ruim da equipe no Borussia-Park – somente um triunfo nos últimos seis jogos, contrapondo as oito vitórias consecutivas no início do campeonato. Além disso, adversários diretos estão cada vez mais próximos na tabela, colocando em risco até uma eventual classificação à Uefa Europa League. Na próxima rodada, os DieFohlen visitam o VfB Stuttgart, equipe completamente perdida na competição, que demitiu seu treinador, Markus Weinzierl, após levar um sono 6 a 0 para o Augsburg.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: