Negócio de risco: Borussia Mönchengladbach fecha contratação de Breel Embolo junto ao Schalke 04

Foto: Divulgação/Borussia

Demorou, mas enfim o Borussia Mönchengladbach se mexeu no mercado de transferência, ao anunciar a contratação do atacante suíço (mais um, pasmem) Breel Embolo, 22 anos, junto ao Schalke 04, por €10M + variáveis, de acordo com as publicações. O vínculo foi firmado nesta sexta-feira (28) e tem validade até junho de 2023.

Embolo esteve no radar do Borussia há alguns anos, até assinar com o Schalke, muito graças a alta bagatela paga pelos azuis reais: €26,5M, algo fora da realidade dos Potros. Com muito potencial, esperava-se que Breel Embolo brilhasse em sua trajetória pela Alemanha e rapidamente gerasse lucro para o Schalke, no entanto, lesões graves afetaram a continuidade do atacante suíço, que também tem ascendência camaronesa. Desde que assinou pelos azuis reais, o atacante teve quatro lesões importantes, que o deixaram fora de ação por quase 100 partidas na totalidade.

Conhecemos o Embolo por vários anos e seguimos monitorando. Breel teve má sorte nos últimos anos com duas lesões graves e obviamente nos observamos as condições físicas detalhadamente. Estamos convencidos de que ele pode ter um novo começo aqui e que ficaremos satisfeitos em vê-lo com as cores do Borussia – ele é rápido, forte e mortal, encaixando em nosso elenco muito bem”, analisou Max Eberl, diretor esportivo do Gladbach.

Entorse no tornozelo, fratura no perónio, edema no osso e recentemente uma fratura no pé, situações que afastaram Embolo dos gramados e prejudicaram o desenvolvimento do atacante, que demonstrou ter boas qualidades quando apto para jogar, mas a questão é: ele estará apto para atuar pelo Borussia? Na atual campanha, por exemplo, o atleta disputou apenas 44% dos minutos, estando presente em 20 partidas da Bundesliga, anotando cinco gols (um no Gladbach, inclusive) e contribuindo com quatro assistências. No total, desde 2016, Embolo vestiu a camisa dos azuis reais em 61 oportunidades, contribuindo com 12 gols e nove assistências – ou seja, ficou mais tempo indisponível do que atuando.

Pela seleção, os números também não são empolgantes: foram 32 partidas e apenas quatro gols anotados. A última vez que um atacante suíço teve sucesso? Provavelmente, Alexander Frei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s