Europa League – Perfil: conheça o Wolfsberger AC, adversário do Gladbach e estreante da UEL

Foto: Divulgação/GladbachBR

Wolfsberger AC é um clube austríaco, fundado em 1931 e será o primeiro adversário do Borussia Mönchengladbach na Uefa Europa League da temporada 2019-2020. O clube, bastante modesto em relação a história, disputou o segundo nível da Áustria por vinte temporadas e entre 2007 e 2012, formou parceria com o SK St.Andrä, formando o WAC/St. Andrä durante o período em questão – atualmente a equipe é chamada de RZ Pellets WAC por questão de patrocínio.

Depois de um longo período de sua história atuando nos níveis mais baixos da Áustria, o Wolfsberger finalmente conseguiu o acesso à Bundesliga austríaca em 2011-2012, quando se sagraram campeões da segunda divisão. Na campanha passada, o clube terminou a campanha no 3º lugar, alcançando a classificação à Uefa Europa League pela primeira vez em sua história.

 Como o atual técnico do Gladbach, Marco Rose, ainda estava comandando o Red Bull Salzburg na temporada passada, o staff do treinador não terá problemas em repassar as informações e preparar a equipe para o confronto. Diante do Wolfsberger, o Salzburg, de Rose, venceu três dos quatro confrontos entre as equipes na temporada passada, perdendo apenas um, já com o título conquistado.

Fique de olho!

Michael Liendl comanda o meio-campo do Wolfsberger (Foto: Divulgação/WeltFussball)

Experiente, o canhoto Michael Liendl, 33, atua como meio-campista e ainda assim foi responsável por incríveis 12 gols e 13 assistências em 35 jogos, válidos por toda a temporada 18-19. Bastante rodada, o austríaco, que veste a camisa 10, já atuou por diversos clubes – pela Alemanha, defendeu as cores do Fortuna Düsseldorf (54 jogos, 11 gols e 13 assistências) e o 1860 München (63 jogos, 12 gols e 14 assistências). Para um meio-campista, Liendl possui números impressionantes: 113 gols em 515 jogos em sua carreira profissional, de acordo com dados do Transfermarkt.

Estilo de jogo e resultados

Habitualmente, o WAC atua no 4312, com Liendl, principal nome, atuando como o meio-campista mais avançado. Na atual temporada, a equipe disputou sete partidas da Bundesliga Austríaca, em cinco oportunidades, optou pelo 4312 como formação inicial – nas demais oportunidades o 4-4-2 com dois volantes e o 4231 foram utilizados. Foram cinco triunfos e duas derrotas – sendo uma delas para o Red Bull Salzburg, antiga equipe de Marco Rose, por 5 a 2.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s