Gladbach “sabe sofrer”, busca virada e alcança triunfo categórico diante do Bayern de Munique

Foto: Divulgação/GettyImages

Borussia Mönchengladbach costuma aprontar diante do Bayern de Munique, e não foi diferente neste sábado (7), em jogo disputado no Borussia-Park, válido pela 14ª rodada da Bundesliga. Apesar de uma atuação apática na etapa inicial, os Potros superaram os bávaros por 2 a 1, de virada, com dois tentos de Ramy Bensebaini, enquanto Perisic marcou para os visitantes.

Rose erra na escalação, mas o Borussia segura empate na etapa inicial

Surpreendendo, o técnico Marco Rose escalou o Gladbach sem as presenças de Patrick Herrmann e Breel Embolo, destaques na rodada anterior, diante do Freiburg. Dessa forma, o técnico alemão promoveu as entradas de Jonas Hofmann e Lars Stindl, povoando o meio-campo, todavia, inviabilizando a saída rápida da equipe, característica principal dos Foals. No primeiro tempo, não teve nada além de um domínio absoluto por parte do Bayern de Munique, que por azar e por conta de algumas defesas de Yann Sommer, não conseguiu sair com a vantagem no intervalo.

Depois de um período de pressão alta e marcação feroz – apesar de nenhuma chance criada – o Borussia ficou acuado e apenas observou o time bávaro jogar. Lewandowski, em duas oportunidades, teve a chance de marcar, mas acabou finalizando rente a trave. O arqueiro suíço Yann Sommer ainda quase ‘engoliu’ um enorme frango em finalização de Kimmich, mas por centímetros, conseguiu pegar a bola, que pairou sobre a linha do gol.

Sem mudanças, velhos erros… e uma virada espetacular

No retorno para a etapa complementar, o comandante Marco Rose voltou sem qualquer alteração, e o resultado não poderia ser diferente: após rápido contra-ataque, aos 48’, Perisic recebeu e finalizou da entrada da área, contando com uma falha clamorosa do goleiro Sommer para inaugurar o marcador  – um resultado extremamente justo pelo que foi visto na partida.

O tento anotado pelos bávaros parece ter acordado o técnico dos Die Fohlen, que finalmente promoveu a entrada de Breel Embolo – o suíço teve impacto imediato, recolocando a pressão alta e por pressão na saída de bola. Em bela cobrança de escanteio de Jonas Hofmann, o argelino Ramy Bensebaini subiu sozinho e, com extrema categoria, cabeceou para igualar o marcador.

Com a igualdade no placar, o jogo ficou extremamente franco, com chance para ambas as equipes. Do lado do Bayern, Perisic seguia sendo a maior ameaça pelo lado direito da defesa do Borussia, enquanto pelo lado dos Foals, o suíço Embolo continuava incomodando os bávaros – ele construiu uma excelente jogada pela esquerda, passou para Herrmann que deixou na pedida para Lars Stindl, no entanto, o capitão finalizou pra fora, desperdiçando uma ótima oportunidade.

Por fim, quando o empate parecia o resultado definitivo, o Borussia partiu em contra-ataque e contou com extrema sorte, pois Patrick Herrmann errou o passe da bola em profundidade, mas a pelota sobrou para Thuram, apagado na partida, ser atropelado por Javí Martínez dentro da grande área, aos 90+2’. O espanhol, sem reclamar, recebeu a segunda advertência e foi expulso – na penalidade, coube ao argelino Ramy Bensebaini, com extrema frieza, bater cruzado, na ‘bochecha da rede’, para decretar uma virada monumental dos Potros.

Sommer (5), Lainer (6,5), Ginter (6,5), Elvedi (6,5), Bensebaini (8,5); Zakaria (6), Hofmann (6), Bénes (5,5)/Embolo (7,5); Stindl (5,5)/Raffael (s/nota), Thuram (5,5), Pléa (5,5)/Herrmann (6,5).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s