Sem torcida, mas com muito futebol: Alassane Pléa comanda triunfo do Gladbach diante do Eintracht Frankfurt no retorno da Bundesliga

Foto: Reprodução/Imago

Demorou, e apesar de muita resistência (compreensível), o futebol retornou, e o Borussia Mönchengladbach entrou em campo neste sábado (16) para encarar o Eintracht Frankfurt, fora de casa, em jogo válido pela 26ª rodada da Bundesliga. Implacável nos minutos inicias, o Gladbach superou o Frankfurt por 3 a 1, com tentos de Pléa, Thuram e Bensebaini, de pênalti, enquanto André Silva diminuiu para os mandantes.

O resultado foi suficiente para elevar o Borussia Mönchengladbach ao 3º lugar da Bundesliga, agora com 52 pontos, dois a menos que o vice-líder Borussia Dortmund e um a frente do Leipzig, que tropeçou na rodada. Bayern e Leverkusen ainda jogam na rodada, os aspirinas, inclusive, são os próximos adversários dos Potros.

Início avassalador garante vantagem na primeira etapa

Com a ausência de Denis Zakaria, lesionado por pelo menos um mês, o técnico Marco Rose seguiu a linha de raciocínio antes da paralisação do campeonato, acionando uma trinca no meio-campo, dessa vez com Strobl, Neuhaus e Hofmann – Kramer não estava 100% fisicamente, assim como Stindl, e por isso iniciaram no banco. Na frente, o trio de que ataque definido foi Embolo, Thuram e Pléa.

O Borussia não deu muito tempo ao Frankfurt e logo com 40 segundos de jogo, abriu o placar, após excelente troca de passes da equipe, que foi finalizada por Pléa, assistido por Jonas Hofmann. Os Eagles sentiram o golpe e sem poder de reação, logo levaram o segundo tento – Matthias Ginter fez excelente inversão de bola para Bensebaini, que cortou a defesa com muita habilidade e cruzou para Marcus Thuram apenas completar para o fundo das redes.

Dominante na posse de bola, os Foals administraram a vantagem durante toda a etapa inicial e ainda produziram boas chances de ampliar, principalmente com Pléa, que parou por duas vezes em boas defesas realizadas por Kevin Trapp. Por outro lado, bastante ineficiência, o Frankfurt assustou apenas na bola parada, através de Kostic, exigindo uma excelente intervenção de Sommer.

Gladbach controla a partida e sacramenta a vitória na etapa final

Na etapa complementar, era evidente que o Frankfurt demonstraria outra postura, no entanto, as águias seguiam sem qualquer criatividade, enquanto o Gladbach buscava o contra-ataque para definir o placar. Alassane Pléa, em excelente tarde, quase anotou um golaço de fora da área, em chute de curva, que balançou o travessão de Trapp. Alguns minutos depois, em um contra-ataque conduzido por Florian Neuhaus até passe em profundidade para Embolo dentro da área, mas o suíço acabou derrubado por N’Dicka – Bensebaini converteu a penalidade, apesar de Trapp ter pulado no canto certo.

Já nos 15 minutos finais, o Frankfurt conseguiu diminuir o marcador, após um deslize de Oscar Wendt, que acabara de entrar na vaga de Bensebaini. O sueco deixou espaço no lado esquerdo, e após passe no contrapé de Elvedi, o defensor não foi capaz de cortar o ataque e André Silva finalizou para diminuir o prejuízo.

Nos instantes finais, Jonas Hofmann ainda foi capaz de perder um gol inacreditável – após contra-ataque, o meia-atacante ficou de frente para o gol, sem goleiro e com dois companheiros ao lado, mas mesmo assim finalizou no corpo de Martin Hinteregger.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: