Com erros em todos os lados, Borussia Mönchengladbach perde confronto direto diante do Leverkusen e corre risco de ficar de fora da Champions League mais uma vez

Foto: Divulgação/Borussia

Naquele que provavelmente seria o jogo mais importante da temporada, o Borussia Mönchengladbach foi superado pelo Bayer Leverkusen neste sábado (23), em jogo válido pela 27ª rodada da Bundesliga e confronto direto por uma vaga na Champions League. Com dois tentos de Havertz e outro de Bender, os Aspirinas venceram por 3 a 1 – Marcus Thuram descontou para os Potros.

O resultado foi suficiente para que o Gladbach fosse ultrapassado pelo próprio Bayer Leverkusen, que agora tem 53 pontos, um a mais que os Foals. Dessa forma, o Gladbach depende de uma derrota do Leipzig para se manter na zona de classificação da Champions League

Bosz surpreende e Leverkusen domina a etapa inicial

Diferentemente do que aconteceu no turno, dessa vez Peter Bosz foi quem surpreendeu na escalação, tirando vantagem das deficiências do Gladbach e dominando a etapa inicial. Com apenas 6’ de partida, o Leverkusen já abriria o placar com Kai Havertz – uma desatenção que jamais poderia acontecer, tendo em vista o tamanho do confronto. Logo depois, outro fator negativo, com a lesão de Breel Embolo, prontamente substituído por Lars Stindl.

Como de costume, a entrada do capitano desacelerou todas as ações ofensivas do Gladbach – e o meia-atacante seguia a cartilha de errar passes fáceis, praticamente acabando com as construções de ataque. Stindl é um ídolo e representa muito para o clube, mas a predileção de Rose pelo atleta é parcialmente injustificável – parcialmente pois o capitano iniciou “bem” a virada do ano, anotando gols importantes, mesmo que não fosse acompanhando por boas atuações propriamente ditas.

Gladbach volta melhor, busca empate, mas arbitragem

Encerrado o pesadelo da etapa inicial, o Gladbach voltou muito melhor para a parte final do confronto, apenas com mudanças realizadas dentro da própria equipe, alterando a configuração na marcação e saída de bola, iniciando com três defensores (Strobl fazendo papel de líbero). Aos 52’, após excelente visão de jogo de Alassane Pléa (característica desenvolvida nesta temporada), Thuram finalizou com extrema qualidade e empatou. Apenas três minutos depois, o juiz assinalou um pênalti extremamente absurdo de Nico Elvedi em Bellarabi.

Elvedi, que havia dado um carrinho, acertou, de fato, Bellarabi, mas o contato foi natural, tendo em vista que o suíço acertou o atacante adversário apenas no ato final do deslize do carrinho, não configurando pênalti, uma vez que era um contato natural. O VAR até fez a chamada, o árbitro de campo verificou no monitor e mesmo incerto, manteve a penalidade.

Na parte final, mais erros, dessa vez por parte do técnico Marco Rose, que realizou alterações questionáveis. Thuram, visivelmente esgotado, foi substituído com pelo menos oito minutos de atraso, e quando a alteração foi feita, ocorreu de forma equivocada. Rose promoveu a entrada de Wendt, deslocando Bensebaini para a zaga, visando manter uma linha de três defensores – ideia totalmente aceitável, mas por que o técnico não promoveu as outras duas alterações que tinha direito?

Perdendo por 2 a 1 para um rival direto, dentro de casa e sem o principal jogador (Thuram, substituído), mas mesmo assim o técnico Marco Rose abdicou de lançar Herrmann e Raffael. Não há explicação, nem mesmo tática, para isso.

As mudanças realizadas também não colaboraram – Bénes foi lento para receber um passe e foi antecipado, na sequência da jogada, Bensebaini fez falta (e deveria ter levado o segundo amarelo) – na cobrança, Bender contou com falha de Elvedi na marcação e sacramentou a vitória dos visitantes. Pléa ainda teve chances para reacender a partidas, mas parou em grande defesa de Hradecky e desperdiçou outra chance em cabeceio sem marcação na pequena área.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: