Gladbach tem atuação protocolar, supera o Paderborn e retorna ao G4 da Bundesliga

Foto: Divulgação/Borussia

Não foi brilhante, mas o Borussia Mönchengladbach jogou o suficiente para superar o Paderborn por 3 a 1, fora de casa, em jogo válido pela 33ª rodada da Bundesliga, disputado neste sábado (20). Patrick Herrmann e Lars Stindl, duas vezes, anotaram os gols dos Potros, enquanto Michel descontou para os mandantes.

O resultado foi suficiente para recolocar o Gladbach no 4º lugar com 62 pontos, ultrapassando o Bayer Leverkusen, derrotado pelo Hertha, próximo adversário dos Potros. Um empate deve ser suficiente para o Gladbach chegar à UCL pela diferença de saldo de gols (+25 vs +16) e ainda há a possibilidade de o Borussia superar o Leipzig (63) na tabela.

Zingerle e Embolo impedem maior vantagem na etapa inicial

Marco Rose promoveu apenas mudanças lógicas na equipe titular: Jantschke, Bensebaini e Herrmann entraram na equipe titular. E logo no início da partida, Herrmann aproveitou rebote do goleiro em finalização de Embolo e completou para o fundo das redes. Parecia que seria um jogo extremamente tranquilo, caso os Potros se apertassem. Além da grande atuação do goleiro Zingerle, especialmente no primeiro tempo, o Gladbach contou com mais uma partida para esquecer de Breel Embolo, em termos de finalização.

Depois de abrir o placar, os Die Fohlen construíram boas oportunidades para ampliar – Hofmann cobrou uma belíssima falta, exigindo excelente defesa de Zingerle. Poucos minutos depois, Neuhaus arriscou de fora da área e quase acertou o ângulo do arqueiro adversário. A chance mais clara, construída por Hofmann, foi desperdiçada por Embolo – o suíço, de frente para o gol, não finalizou bem.

Gladbach volta sonolento, mas conquista triunfo importante

No retorno para a etapa complementar, mais do mesmo, o Borussia Mönchengladbach continuava empilhando chances desperdiçadas, principalmente com Herrmann e Embolo. De tanto brincar com a sorte, o Paderborn igualou através de Michel, ex-jogador do Borussia (atuou pela equipe B, assim como Ritter). Não houve tempo para lamentar, no entanto. Logo em seguida (55’), Stindl foi derrubado de maneira estabanada na área e converteu a penalidade, deslocando o goleiro adversário.

Breel Embolo, que tanto errava, finalmente acertou uma jogada ofensiva – o atacante recebeu belo passe, foi derrubado pelo defensor, mas prontamente se levantou, driblou o goleiro e finalizou, parando em novo milagre de Zingerle. Hünemeier, que havia derrubado Embolo, foi advertido com o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho, facilitando a vida dos Foals.

Com a vantagem no placar e um jogador a mais, teve espaço para mais um dos brilhantes lançamentos de Matthias Ginter, que encontrou Bensebaini. O argelino encontrou Stindl na área, que finalizou para o fundo das redes. Nos minutos finais, o técnico Marco Rose ainda promoveu a estreia de Torben Müsel, que chegou ao clube há dois anos, contratado junto ao Kaiserlautern

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s