Borussia Mönchengladbach supera o Hertha Berlin e coroa excelente temporada com vaga na UCL; Raffael se despede dos Potros

Foto: Divulgação/Borussia

Depois de tanta incerteza e uma retomada extremamente segura por parte da Bundesliga durante o tempo de pandemia, a temporada finalmente chegou ao fim, e coroou a excelente campanha do Borussia Mönchengladbach. Na rodada final e também na despedida do Maestro, os Foals superaram o Hertha por 2 a 1, com tentos de Hofmann e Embolo, enquanto Ibisevic diminuiu nos minutos finais.

O resultado assegurou o 4º lugar na tabela de classificação da Bundesliga, com 65 pontos – um ponto a menos que a brilhante campanha de 14-15. Os Potros ficaram um ponto abaixo do Leipzig e dois acima do Leverkusen, 5º colocado.

Borussia domina primeira etapa, mas sai apenas com a vantagem mínima

Gladbach chegou a 34ª rodada da Bundesliga necessitando apenas de um empate para se qualificar à Uefa Champions League da próxima temporada, no entanto, ficou longe de ser o objetivo da equipe dentro da partida – desde o primeiro minuto, houve domínio absoluto por parte do Gladbach, que inaugurou o marcador aos 7’, após ótima movimentação ofensiva de Embolo, que recebeu lançamento primoroso de Kramer, o suíço disputou com a defesa adversária e conseguiu servir um passe na medida para Hofmann, que bateu com categoria para marcar.

Pressionando bastante, parecia questão de tempo o segundo gol, que por conta de falha na definição e pela boa atuação do goleiro Smarsch – em uma das oportunidades desperdiçadas, Esswein afastou mal e a bola sobrou nos pés de Stindl, dentro da pequena área e sem marcação, no entanto o capitano finalizou na trave. Na primeira etapa foram 13 x 0 em finalizações para o Gladbach.

Embolo confirma boa atuação e decreta classificação do Gladbach à UCL

Já na etapa complementar, o Hertha tentou mudar o panorama da partida, ficando mais ofensivo e finalmente conseguiu finalizar pela primeira vez na partida. Por outro lado, o Gladbach continuava encontrando espaços para incomodar, muitas vezes com Breel Embolo – o suíço criou boas oportunidades para marcar, porém não teve sorte. Depois de tanto insistir, Hofmann foi esperto, cobrou escanteio curto e recebeu, invadiu a área e deu passe na medida para Embolo, que teve o trabalho apenas de empurrar para o fundo do gol.

Nos instantes finais, o Hertha ainda conseguiu diminuir com Vedad Ibisevic, sempre ele, que assim como Embolo, completou ótima jogada e apenas teve o trabalho de completar pro gol, mas já era muito tarde para o time da capital e também para o Bayer Leverkusen, que superou o Mainz 05 por 1 a 0.

Maestro se despediu do clube após sete anos (Foto: Divulgação/Borussia)

Por fim e não menos importante (ou até mais), finalmente o maestro Raffael entrou em campo, infelizmente por apenas dois minutos – e mesmo assim, o meia-atacante teve uma chance clara para deixar a última marca pelo clube, mas acabou parando no goleiro Smarsch. Raffael foi ovacionado por todos jogadores e staff quando entrou em campo, além de ter recebido a braçadeira de capitão de Stindl, demonstrando todo respeito que construiu durante os brilhantes sete anos em Mönchengladbach.

Membros do clube celebraram a classificação à UCL (Foto: Divulgação/Borussia)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s