Gladbach esteve bem próximo da vitória, mas saiu da Itália com um empate diante da Internazionale na estreia da Champions League

Foto: Reprodução/GettyImages

Depois de mais um resultado frustrante na Bundesliga, ao empatar com o Wolfsburg, dentro de casa, o Borussia Mönchengladbach viajou à Itália para encarar a Internazionale na estreia do clube na Champions League. Apesar de um jogo nada brilhante de ambos os lados, o Gladbach esteve próximo do triunfo, no entanto ficou no empate por 2 a 2 – Lukaku anotou dois gols para os italianos, enquanto Bensebaini, de pênalti, e Hofmann marcaram para os Potros.

Depois de um primeiro tempo morno, equipes deixam emoção para a etapa final

Sem muita criatividade na primeira etapa, o Gladbach também não sofreu tanto – a Inter também demonstrava dificuldades na criação, recorrendo somente a Romelu Lukaku. Já o Gladbach carecia de melhor definição nos passes, a maioria deles sem conexão com os jogadores de ataque.

Logo após o intervalo, a Lukaku (49’) demonstrou presença de área e aproveitando desatenção de toda defesa, completou para o fundo das redes, inaugurando o marcador. Ainda distante da melhor apresentação ofensiva, o Borussia retornou ao jogo após um pênalti sofrido por Marcus Thuram e devidamente convertido por Ramy Bensebaini (63’), diante de um excelente pegador de pênaltis, o esloveno Handanovic.

O confronto parecia destinado a terminar dessa forma, mas Florian Neuhaus conseguiu dar um passe brilhante para Jonas Hofmann (84’), que recebeu nas costas da defesa e avançou sem marcação até tocar por debaixo das pernas de Handanovic, virando o confronto. O lance teve lenta e demorada avaliação por parte do VAR, mas foi validado.

A alegria do Gladbach, no entanto, durou pouquíssimo, como vem sendo costume. Antes do gol acontecer, a Inter chegou com muita liberdade do lado esquerdo e teve bom cruzamento para área, no qual Darmian cabeceou, exigindo ótima defesa de Sommer. Na cobrança de escanteio, um desvio no primeiro poste foi fundamental para que a bola encontrasse Lukaku (90’), livre do outro lado, para completar para o fundo das redes. Thuram não conseguiu acompanhar no primeiro poste, enquanto Elvedi não foi capaz de deter Romelu Lukaku.

Gladbach não foi brilhante, mas mostrou capacidade de encarar um adversário do mais alto nível de igual para igual. Agora, o clube precisa mostrar capacidade de reação na Bundesliga, depois de um início mediano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s