Gladbach abre vantagem em duas oportunidades, mas erros técnicos graves culminam em revés diante do Bayer Leverkusen pela Bundesliga

Foto: Divulgação/Borussia

Depois de uma boa sequência de resultados – primeiro triunfo diante do RB Leipzig e goleada avassaladora contra o Shakhtar Donetsk –, o Borussia Mönchengladbach voltou a campo neste domingo (8) para encarar o Bayer Leverkusen, fora de casa. Apesar de ter ficado em vantagem por duas vezes, o Gladbach acabou sendo derrotado por 4 a 3. Lucas Alario, duas vezes, Bailey e Baumgartlinger anotaram os tentos dos mandantes, enquanto Lars Stindl, duas vezes, e Lazaro, em gol digno de Puskas, marcaram para os Foals.

Devido a um pequeno problema nas costas, Pléa foi poupado para o confronto, iniciando no banco de reservas e cedendo espaço para Breel Embolo no comando de ataque. Mais dominante, o Bayer Leverkusen tomou conta das ações ofensivas da partida desde o apito inicial, mas foi o Gladbach que abriu o placar. Thuram e Neuhaus combinaram bons passes no meio-campo, o alemão acionou Hofman, que tocou para Embolo, o suíço driblou Hradecky e foi derrubado pelo arqueiro. Lars Stindl, com extrema tranquilidade, anotou a penalidade. Poucos minutos depois, cedendo muito espaço no contra-ataque, Alario recebeu sozinho e chutou em curva, anotando um belíssimo gol.

Lars Stindl teve atuação de destaque, mas foi insuficiente para conquistar um resultado positivo (Foto: Divulgação/Borussia)

Novamente sendo letal quando aparecia no ataque, o Gladbach voltou a liderar o marcador – Wirtz tocou para trás e Stindl aproveitou, batendo de esquerda e tirando do goleiro. O resultado parecia controlado para que os comandados de Marco Rose chegassem ao intervalo com uma vantagem importante no placar, mas Yann Sommer cometeu um erro gravíssimo ao tentar sair em uma bola cruzada na área, de forma totalmente equivocada. Alario, como não tinha nada a ver com isso, cabeceou com tranquilidade para empatar.

Antes disso, o Borussia teve duas oportunidades para ficar mais folgado no placar, mas não conseguiu concretizar. Primeiro, Embolo exigiu excelente defesa de Hradecky e no rebote, Bensebaini acertou o travessão em cheio, já no segundo lance, Thuram finalizou da entrada da área, para fora – o francês também tinha a opção de Bensebaini pela esquerda, mas o chute também era boa opção, no entanto o atacante errou.

Gladbach abusa de novos erros individuais e acaba derrotado

Na volta do intervalo, provavelmente por uma questão de cansaço ou talvez alguma lesão menor, Rose voltou com Hannes Wolf na vaga de Florian Neuhaus, sendo assim, Hofmann foi deslocado para a parte central do meio-campo, formando dupla com Kramer. Foi justamente o austríaco que teve a chance mais cristalina de retomar a vantagem dos Potros – depois de excelente passe em profundidade de Thuram para Bensebaini, o argelino cruzou e Stindl finalizou de carrinho, Hradecky fez um milagre e a bola ficou ao bel prazer para Wolf, que dentro da pequena área, isolou.

Como de costume no Gladbach, no lance seguinte, Diaby, que fizera a festa nas costas de Lainer, partiu em velocidade e deu ótimo passe para Bailey, que mesmo sem tanto ângulo, tocou por debaixo das pernas de Sommer, em outro erro técnico do goleiro suíço, que não tinha necessidade alguma de se jogar na bola. O lance também é algo que reflete no lance perdido pelo Gladbach, que apesar do milagre de Hradecky, a finalização de Stindl poderia ter sido mais letal – todavia, o capitano não pode ser culpado de forma alguma pelo lance, que fica na conta de Wolf.

Em busca do tudo ou nada, Rose fez algumas alterações, lançando Lazaro, Bénes e Herrmann a campo, mas novamente em um colapso defensivo, o Leverkusen aumentou a vantagem para 4 a 2. Depois de bola nas costas de Bensebaini, Amiri chutou cruzando e encontrou Baumgartlinger totalmente livre para apenas empurrar para o fundo das redes. O Gladbach não desistiu e seguiu lutando – Valentino Lazaro ainda anotou um gol digno de Puskas nos segundos finais, ao finalizar no estilo escorpião, mas foi insuficiente para buscar o empate.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: