Vice-campeão mundial, Oliver Neuville virou ídolo no Borussia Mönchengladbach e segue clube desde a aposentadoria

Foto: Divulgação/BILD

Natural de Locarno-SUI, Oliver Patric Neuville, 47, iniciou a carreira profissional pelo Locarno e passou por Servette, também da Suíça, Tenerife-ESP, até chegar a Alemanha para defender o Hansa Rostock – posteriormente assinou pelo Bayer Leverkusen, clube no qual defendeu por mais vezes na carreira. Neuville é um nome familiar para os torcedores brasileiros – ele foi titular pela Alemanha na final da Copa do Mundo de 2002, vencida pelo Brasil.

Depois de uma passagem de sucesso no Leverkusen, o ex-atacante Oliver Neuville assinou com o Borussia Mönchengladbach em 2004 em uma transferência sem custos. Com faro artilheiro, Neuville teve boa contribuição nas duas primeiras temporadas com a camisa dos Potros – 12 gols e seis assistências em 04-05 e 10 gols e 10 assistências em 05-06 – números que ficam ainda melhores tendo em vista a perspectiva do clube, que era apenas de evitar o rebaixamento – algo que não foi possível em 06/07, mesmo com uma campanha segura na temporada anterior, quando os Foals terminaram em 10º.

Foto: Divulgação/SPOX

Na temporada da queda, Neuville jogou muito menos que nas campanhas anteriores – apenas 16 partidas (quatro gols e uma assistência). Apesar disso, ele permaneceu e foi peça fundamental para o acesso na temporada seguinte, anotando 15 gols e distribuindo 10 assistências em uma parceria de sucesso com o gigante canadense Rob Friend, parceiro de ataque do alemão.

Depois do acesso, Neuville teve pouquíssimos minutos e acabou deixando o Borussia ao término da temporada 2009/2010, justamente em um jogo diante do Bayer Leverkusen. O centroavante baixinho, de 1, 71m se transferiu para o Arminia Bielefeld e disputou apenas 13 jogos por lá antes de pendurar as chuteiras. Com a camisa dos Die Fohlen, Neuville anotou 42 gols e contribuiu com 31 assistências em 161 jogos.

Pouco tempo depois de aposentado, Oliver Neuville retornou ao Borussia Mönchengladbach, dessa vez para atuar como assistente técnico da equipe sub-19, função que exerceu de julho/2013 até julho/2020, quando passou a figurar na condição de um dos assistentes da equipe profissional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s