Patrick Herrmann destaca expectativa com o técnico Adi Hütter: “Ele se encaixa perfeitamente conosco, especialmente pela forma que gostamos de contra-atacar e pressionar”

Foto: Divulgação/Borussia

Recomeço. Assim pode ser descrito o momento para Patrick Herrmann no Borussia Mönchengladbach – provavelmente o jogador mais amado pelos torcedores, o “Flaco’’ passa por um novo recomeço dentro do clube após a saída do intragável Marco Rose.

O ponta havia passado pela mesma situação com o comandante Dieter Hecking. Praticamente inutilizado, Herrmann quase deixou o clube, mas acabou conseguindo uma renovação contratual com aval do antigo técnico Marco Rose. Na primeira temporada, o desempenho do Flaco foi interessante – sete gols e oito assistências em 33 jogos e apesar de não ter sido titular, desfrutou desse status em 16 oportunidades na Bundesliga.

Já na temporada passada (20-21), o desempenho de Herrmann não foi nada produtivo. Foram três gols e cinco assistências em 33 jogos, mas três gols e duas assistências dessa estatística ocorrem diante dos frágeis Oberneuland e Elversberg pela DFB Pokal. Durante todo o returno da Bundesliga o ponta esteve em campo por apenas 136 minutos.

Em entrevista ao site oficial do Borussia, Herrmann falou sobre o início da pré-temporada e a expectativa de trabalhar com Adi Hütter, novo comandante dos Foals.

Foto: Divulgação/Borussia

A pré-temporada vem sendo intensa, mas boa também. Penso que o Adi Hütter se encaixa perfeitamente conosco, especialmente pela forma que gostamos de contra-atacar e pressionar. Ele quer a equipe de forma disciplinada e trabalhando duro, algo que irá beneficiar todos nós”, analisou Herrmann.

Capitão da equipe durante o segundo tempo do amistoso diante do Viktoria Köln, o alemão falou sobre essa honraria “Fui capitão em outro amistoso antes, mas ainda assim é um momento legal e que me traz orgulho. Não há necessariamente um capitão atual porque todos conversamos entre nós, apesar do Lars Stindl ser o capitão oficialmente”, disse o Flaco.  

Por fim, ele também destacou a presença dos jovens jogadores durante a pré-temporada: “Eles deixaram boa impressão. Como são jovens, você consegue identificar que eles precisam aprender muito e ganhar mais experiência. Eles se integraram bem nos treinos, trabalhando duro e mostrando que querem a bola”, complementou.

Na equipe principal desde 2010, Patrick Herrmann (30) acumula 363 jogos pelos Potros, com 55 gols e 60 assistências. Vinculado até junho de 2022, Herrmann é o 8º jogador que mais vestiu a camisa do Borussia Mönchengladbach.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s