Sommer tem atuação magistral, árbitro se inspira em jurados de Tokyo e Borussia Mönchengladbach fica no empate diante do Bayern de Munique na abertura da Bundesliga

Foto: Reprodução/Imago

Bundesliga está de volta! Em um jogo eletrizante, Borussia Mönchengladbach e Bayern de Munique se enfrentaram nesta sexta-feira (13) em jogo válido pela abertura da Bundesliga, no Borussia-Park. Contando com grande exibição de Yann Sommer, os Potros ficaram no empate por 1 a 1, com tento de Pléa, enquanto Lewandowski igualou para os bávaros.

O jogo começou com altíssima intensidade, principalmente por parte do Gladbach, que teve duas grandes oportunidades logo nos minutos inicias, ambas com Patrick Herrmann. Na primeira chance, o Flaco finalizou de esquerda e perdeu boa chance de inaugurar o marcador, já na segunda ocasião, o ponta recebeu excelente passe em profundidade de Scally, avançou e tentou tocar para Stindl, mas foi impreciso. Aos 10’, Lainer roubou a bola, passou para Herrmann, que deu passe para Stindl ajeitar de carrinho, deixando Alassane Pléa na frente do gol – o francês dominou e finalizou de esquerda, anotando o primeiro gol da temporada 21-22 da Bundesliga.

Depois de algum tempo, o Bayern finalmente entrou na partida e passou a explorar principalmente o lado esquerdo da defesa do Gladbach, que contava com o jovem Joe Scally no setor, improvisado. Os bávaros chegaram com muito perigo em jogadas de cruzamento, e dessa forma, Lewandowski parou em defesas excepcionais de Yann Sommer, relembrando o desempenho do suíço pela Euro, diante da Espanha. No final da primeira etapa, no entanto, o Bayern chegou à igualdade aos 42′ em um escanteio aproveitado por Lewandowski – o polonês se livrou facilmente de Elvedi e finalizou a curta distância, impossibilitando novo milagre de Sommer.

Sommer segue salvando, Thuram revitaliza ataque, mas Gladbach para na arbitragem

Na etapa complementar, o Bayern voltou melhor nos primeiros vinte minutos. Assim como no primeiro tempo, o goleiro Yann Sommer voltou a operar defesas de altíssima dificuldade, duas delas com os pés, evitando situações quase que certas dos atacantes bávaros. Por outro lado, o Borussia voltou a responder assim que Adi Hütter realizou as primeiras alterações, promovendo as entradas de Jonas Hofmann e Marcus Thuram. Na primeira participação, o atacante francês ajeitou para Stindl, que finalizou rasteiro, no canto, exigindo toda elasticidade de Manuel Neuer para realizar a defesa.

A entrada de Marcus Thuram deu outra vitalidade ao ataque dos Potros e o francês passou a ser protagonista da partida – primeiro, não conseguiu aproveitar um raro cruzamento certo de Lainer. Depois, de forma polêmica, o árbitro Marco Fritz ignorou uma penalidade claríssima no atacante dos Potros, derrubado por Upamecano. No lance seguinte, Thuram voltou a ser derrubado pelo compatriota dentro da área, mas novamente o juiz não viu infração na jogada.

Por fim, o Gladbach conseguiu se defender razoavelmente bem e a partida terminou em igualdade. Vale-se ressaltar a atuação sólida de Joe Scally na esquerda, mostrando muita qualidade. Como ponto negativo, podemos pontuar a imprecisão de Stindl, Herrmann e, nos minutos finais, Hofmann, o trio acabou sepultando várias chances de contra-ataque. Na defesa, é preciso trabalhar para evitar tantas situações claras salvas pelo Sommer.

Sommer (9), Lainer (6,5), Ginter (6,5), Elvedi (6), Scally (7); Kramer (5), Neuhaus (6,5), Wolf (6), Herrmann (5,5), Stindl (5,5), Pléa (6). Substitutos que entraram: Bénes (s/nota), Bennetts (5,5), Hofmann (5,5), Thuram (6);

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s