Breel Embolo aterroriza defesa adversária, Gladbach supera Wolfsburg e encerra tabu de 17 anos na Volkswagen Arena

Foto: Reprodução/DPA

Com a confiança em alta após superar o Dortmund na rodada passada, o Borussia Mönchengladbach visitou o Wolfsburg neste sábado (2), pela 7ª rodada da Bundesliga. Comandado por Breel Embolo, os Potros venceram por 3 a 1, com tentos de Hofmann, Joe Scally e uma obra-prima do atacante suíço, enquanto Waldschmidt diminuiu para os Lobos.

O resultado melhora um pouco da perspectiva do Gladbach, que alcança momentaneamente o 8º lugar com 10 pontos conquistados. Os Potros voltam a campo somente daqui duas semanas, diante do Stuttgart, no Borussia-Park, devido a paralização da data Fifa.

Em um início de jogo eletrizante, o Borussia logo abriu dois gols de vantagem. O primeiro surgiu através de uma jogada individual de Embolo, que superou o zagueiro e avançou até ser derrubado perto da linha de fundo – na cobrança ensaiada, Hofmann tocou para Zakaria na entrada da área, o volante finalizou mascado e Embolo, de bicicleta, aproveitou para anotar um belíssimo gol. Dois minutos depois, aos 7’, Embolo apareceu novamente, dando ótimo lançamento para Jonas Hofmann, o meio-campista aproveitou a saída equivocada de Casteels, nem precisando tocar na bola, que passou debaixo do belga, para tocar rasteiro para o fundo das redes.

Naturalmente o Wolfsburg tentaria reagir, mas o Gladbach conseguiu se postar bem defensivamente durante praticamente todo jogo – os donos da casa tentavam acionar o lado do campo, visando a bola aérea para Weghorst, anulado no confronto. Depois de um vacilo de Lars Stindl, que cabeceou para trás e depois levou uma caneta de Baku. Na tentativa de cruzamento do polivalente jogador dos Lobos, a bola bateu em Lukebakio e Elvedi e sobrou para Waldschmidt diminuir o prejuízo.

Aterrorizando a defesa adversária, Embolo e Hofmann combinaram novamente e o suíço deixou Hofmann na cara do gol, no entanto o meio-campista não resolveu a jogada de forma rápida e teve a finalização bloqueada pela defesa adversária.

Jonas Hofmann teve atuação de destaque no meio-campo (Foto: Reprodução/Imago)

Um pouco mais retraído, mas sem abdicar do contra-ataque, o Gladbach teve outra boa oportunidade aos 53’ com Manu Koné – o jovem francês fez ótimo movimento trocando a bola de pés e finalizou forte, exigindo boa defesa de Casteels. Em contrapartida, o Wolfsburg teve oportunidade clara de igualar o marcador, dessa vez com Lukebakio, que parou na intervenção de Yann Sommer.

Destaque da partida, Embolo voltou a ser protagonista ao superar a marcação e avançar até a grande área e ser derrubado por Lacroix, expulso pelo segundo cartão amarelo. Na cobrança da penalidade, assim como diante do Leverkusen, o capitão Lars Stindl cobrou de forma patética e Casteels defendeu com enorme tranquilidade. Na reta final o Borussia ainda ameaçou com algumas finalizações de Herrmann e Pléa, ambas bem defendidas pelo arqueiro belga.

Já no último lance da partida, aos 90+5’, Joe Scally ganhou disputa de cabeça no meio-campo, avançou sozinho para pegar o rebote até chegar à área adversária e finalizar no canto, anotando o primeiro gol dele com a camisa do Borussia Mönchengladbach e assegurando uma importantíssima vitória, que não ocorria na Volkswagen Arena desde 2003.

Sommer (8), Scally (8), Ginter (8), Elvedi (8), Beyer (8,5), Netz (7); Zakaria (9), Koné (8), Hofmann (9); Stindl (5), Embolo (9,5)

Subs que entraram: Herrmann (6,5), Kramer (6,5), Pléa (6,5)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s