Gladbach é superado pelo Union Berlin, perde o terceiro jogo na semana e chega a quatro derrotas consecutivas no Borussia-Park

Foto: Reprodução/Imago

O discurso, como de costume ao longo dos últimos meses, era de recuperação, algo que novamente não aconteceu. Gladbach foi superado pelo Union Berlin por 2 a 1 no Borussia-Park em jogo válido pela 20ª rodada da Bundesliga – Max Kruse marcou duas vezes para os visitantes, enquanto Manu Koné descontou para os Potros.

O resultado deixa o Borussia na 12ª colocação, apenas três pontos acima do Augsburg, 16º colocado, lugar que disputa o playoff de rebaixamento.

Depois de uma eliminação vergonhosa diante do Hannover pela Copa da Alemanha, o Borussia Mönchengladbach promoveu algumas mudanças na equipe titular, com destaque para o retorno de Jonas Hofmann, recuperado de um pequeno procedimento cirúrgico no joelho. Adi Hütter colocou em campo uma equipe repleta de meio-campistas e somente um atacante, o suíço Breel Embolo.

Sem qualquer plano de jogo, o Borussia produziu algo perto de nada durante toda primeira etapa. Em um lance despretensioso, Denis Zakaria acabou tocando com a mão na bola dentro da pequena área, o árbitro corretamente assinalou a penalidade máxima, bem convertida por Max Kruse. A primeira oportunidade construída pelo Borussia aconteceu aos 24’ através de Florian Neuhaus, que deixou um zagueiro no chão, porém a finalização não acompanhou o belo movimento de finta do meio-campista, um dos raros destaques da equipe no confronto.

Improdutivo, o Borussia Mönchengladbach contou com excelente jogada individual de Breel Embolo, o suíço driblou um adversário, deu passe em profundidade para Jonas Hofmann ajeitar e Manu Koné, da entrada da área, finalizou de chapa, anotando um belo gol.

Improdutivo e ineficiente no ataque, desatento na defesa

O panorama da segunda etapa foi bem diferente e os Potros até produziram ou tentaram produzir algo melhor do que foi apresentado anteriormente, mas também sem qualquer brilho, pois a equipe não tem qualquer jogada trabalhada, de aproximação ou tabelas. A dupla Manu Koné e Florian Neuhaus se entendeu bem e algumas boas jogadas e oportunidades foram criadas, no entanto, sem êxito. Na melhor delas, a bola foi bem trabalhada e Ginter chegou à linha de fundo e cruzou, após rebatidas na defesa, Luca Netz não conseguiu se posicionar adequadamente para finalizar e acabou desperdiçando uma oportunidade debaixo da trave.

Union Berlin, que sequer havia finalizado na etapa complementar, conseguiu retomar a vantagem no placar graças a uma sucessão de erros defensivos do Borussia, como de costume. Primeiro, Denis Zakaria errou de forma bisonha o gesto técnico e espanou a bola para os pés da equipe adversária, depois, em um erro sistemático e de posicionamento, Max Kruse recebeu nas costas da defesa, aproveitou espaço deixado por Matthias Ginter e bateu cruzado, anotando o segundo tento dele na partida.

Apático, Adi Hütter resolveu realizar substituições somente aos 87’, depois de sofrer o segundo gol, provando mais uma vez o péssimo entendimento de jogo, além de uma gestão de grupo duvidosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s