Adi Hütter volta a demonstrar incapacidade para comandar o Borussia Mönchengladbach, que conta com atuação magistral de Sommer para evitar revés diante do Mainz

Yann Sommer salvou o Borussia Mönchengladbach de outro vexame (Foto: Reprodução/Imago)

Duas semanas de treinamento, mas parece que isso não é bom sinal para o Borussia Mönchengladbach – quanto mais o time supostamente treina sob o comando de Adi Hütter, o futebol piora e não foi diferente neste domingo (3) em jogo válido pela 28ª rodada da Bundesliga, diante do Mainz 05, no Borussia-Park. Depois de um primeiro tempo de boa qualidade, o Borussia terminou o confronto feliz com o empate por 1 a 1 – Embolo e Onisiwo marcaram os gols.

Ausente dos dois últimos jogos por conta do coronavírus, Adi Hütter realizou duas alterações na equipe, ambas por questões médicas – Netz e Thuram acabaram se lesionando nas últimas semanas e deram lugar a Elvedi e Stindl. Diante de uma defesa firme, o Gladbach realizou bom primeiro tempo, cuidando bem da bola e criando algumas oportunidades. Na defesa, a zaga teve tranquilidade para vencer praticamente todos duelos.

Depois de ótimo trabalho coletivo, Florian Neuhaus tocou para Breel Embolo na entrada da área, o suíço bateu rasteiro no cantinho para abrir o placar aos 33’. Completamente dominante, o Borussia não conseguiu traduzir a superioridade em outro gol, algo que viria a custar caro na etapa complementar. Mainz, no entanto, seguiu se defendendo muito bem e sempre dificultou o trabalho ofensivo dos Potros.

Com apenas uma mudança, a entrada de Burkardt, e obviamente uma mudança de postura, o Mainz 05 voltou diferente para a etapa complementar e exerceu uma pressão enorme, especialmente nos primeiros minutos, finalizando diversas vezes. Em uma dessas oportunidades, Barreiro acertou a trave e no rebote, Burkardt finalizou, naquilo que parecia ser gol certo, porém Yann Sommer, com reflexo apurado, realizou defesa espetacular para evitar o empate.

Adi Hütter assistiu o time ser absurdamente dominado para finalmente realizar uma mudança – o treinador sacou Lars Stindl, retornando de lesão, para promover a entrada do jovem Conor Noss, que assim como toda equipe, praticamente não tocou na bola. Onisiwo empatou aos 73’, aproveitando o espaço nas costas da defesa. Ele recebeu entre Beyer e Bensebaini para finalizar cruzado, igualando o marcador.

Foram incríveis 19 finalizações do Mainz apenas no segundo tempo, sendo oito delas no alvo. De maneira ainda mais espetacular, Sommer evitou a virada dos zerofivers aos 89’, o suíço fez duas defesas, a segunda ainda bateu na trave e não ultrapassou a linha, aliviando a torcida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s