Borussia Mönchengladbach repete erros da temporada, sofre nova virada após abrir dois gols de vantagem, mas Lars Stindl resgata um ponto ao “apagar das luzes”

Foto: Reprodução/Tiroler Tageszeitung

Depois de mais uma atuação desastrosa e derrota humilhante no Rheinderby, o Borussia Mönchengladbach encarou o Freiburg neste sábado (23) em jogo válido pela 31ª rodada da Bundesliga, disputado no Europa Park. Bem movimentado, o confronto terminou empatado por 3 a 3, com Grifo, Günter e Lienhart marcando para o time da Floresta Negra, enquanto Bensebaini, Embolo e Lars Stindl foram os autores dos tentos dos Potros.

Logo no minuto inicial, o Borussia conseguiu uma penalidade máxima ao seu favor, graças a um toque de mão dentro da área. Bensebaini cobrou com muita frieza e abriu o marcador. Bem compactado no início de jogo, o plano de jogo era óbvio: defender e tentar explorar o contra-ataque, e foi dessa forma que Breel Embolo, aos 13’, dobrou a vantagem dos Foals. O suíço recebeu excelente passe de Hofmann nas costas da defesa, avançou e tirou do goleiro Flekken para anotar o segundo tento dos Die Fohlen.

A partir dos 26’ de partida, não houve qualquer outra ameaça por parte do Borussia, que quase chegou ao terceiro com Breel Embolo, porém a cabeçada do atacante passou perto da trave. Freiburg pressionava e esbarrava na boa atitude defensiva do Gladbach, especialmente em algumas boas coberturas defensivas.

Tudo mudou logo após o intervalo, algo comum nos jogos do Gladbach durante toda temporada. Em uma decisão totalmente questionável, o árbitro assinalou penalidade de Lainer. Tranquilo na marca da cal, Vincenzo Grifo deslocou Sommer e diminuiu o prejuízo para os mandantes, dando um sinal claro do que estava por vir.

Ainda incapaz de produzir qualquer coisa ofensivamente, o Borussia levou o empate aos 61’. Günter recebeu de fora da área e com espaço, resolveu arriscar, a finalização rasteira foi no canto e Sommer não teve o posicionamento adequado para defender, uma vez que o arremate não foi tão potente. De toda forma, o defensor teve total liberdade para receber e finalizar, anotando aquele que seria apenas o primeiro gol dele na temporada.

Letal na bola parada, a virada parecia questão de tempo. Lienhart aproveitou cruzamento certeiro de escanteio e apareceu no meio da defesa, praticamente dentro do gol, para cabecear no centro da meta e concluir a reviravolta. Já nos instantes finais da partida, Patrick Herrmann acertou cruzamento perfeito para Lars Stindl, o capitano se antecipou a marcação e acertou uma bela cabeçada para resgatar pelo menos um ponto na Floresta Negra, além de um pouco da dignidade do clube, perdida desde que Adi Hütter assumiu o comando dos Foals.

Presente e sempre apoiando a equipe, a torcida levou uma faixa com os seguintes dizeres: “Sem luta, sem vontade, sem caráter – vocês são uma vergonha para a cidade e para o clube”

Foto: Reprodução/MSN

Gladbach: Sommer, Beyer (Herrmann), Elvedi, Bensebaini, Netz; Lainer (Scally), Koné, Neuhaus (Noss), Hofmann, Netz; Embolo, Pléa (Stindl)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s